Destaquesdo site

Ramadan no Qatar

Ramadan no Qatar

O Brasil descobriu Doha e “Alhumdulillah” (Graças à Deus) tenho trabalhado bastante, motivo pelo qual tenho estado ausente por aqui.

Aproveitando uma folga por causa do calor,  50 graus ( você não leu errado não! São 50 graus mesmo) vou contar pra vocês sobre as tradições do Ramadan.

Além desse “calorzinho básico” estamos em época de Ramadan. Já escrevi sobre o Ramadan ano passado (Coluna Qatar News 2015) mas esse ano vou falar sobre outro ponto de vista.

 

Um dia de Ramadan na vida dos Qataris

Ramadan é o mês sagrado do calendário islâmico, mês que os muçulmanos acreditam que o profeta Maomé recebeu as escrituras sagradas através do arcanjo Gabriel. Além do jejum de trinta dias, do nascer ao pôr do sol, eles aproveitam o mês para fazer uma introspecção visando o crescimento espiritual e o estudo do Corão Sagrado.

O Ramadan esse ano começou no dia seis de Junho, exatamenente no momento que a nona lua crescente apareceu no céu. Todos os anos o Ramadan antecede onze dias, isso porque os muçulmanos se baseiam no calendário lunar e por isso o ano deles tem 354 dias.

A rotina do Ramadan varia de país para país, mas como estamos em Doha vamos falar sobre a rotina das famílias daqui.

Suhoor

 

coluna 1

O dia começa antes do nascer do sol com uma refeição leve chamada de Suhoor, ou refeição da madrugada. É mais importante do que o próprio Iftar, devido aos seus benefícios em ajudar a manter as dificuldades do jejum. Nela só entram alimentos leves e saudáveis como proteínas de alta qualidade, carboidratos complexos, gorduras saudáveis e água, muita água.

Após essa refeição e as orações da manhã a população se prepara para o trabalho.

Como eles passam o dia inteiro sem água e sem comida, os horários das jornadas de trabalho ficam todos alterados. A maioria dos estabelecimentos abrem pela manhã fechando ao meio dia e retornando a partir das 16 hrs, perto do horário da quebra do jejum.

Durante este período em que tudo está fechado, os qataris permanecem em casa junto da familia e estudando o Corão.

 

Quebra do jejum

 

As tradicionais três refeições por dia simplesmente tornam-se duas, o SUHOOR (última refeição antes do sol nascer) e o IFTAR (primeira refeição depois do pôr do sol ) .

A quebra do jejum é anunciada por três canhões posicionados em lugares estratégicos (Katara, Grand Mosque, e Souq Waqif) de Doha, que disparam ao pôr do sol todos os dias para avisar a hora exata de quebrar o jejum. É uma tradição que acontece desde 1970.

Nesse momento o povo qatari come três dates (tâmaras), toma água e parte para participar do Iftar em família. Por que nessa ordem? As tâmaras são uma fonte de energia rápida e o número de três tâmaras possui alto nível glicêmico, o suficiente para dar aquele “start” no organismo que está com o nível baixo em função do jejum.

 

Iftar

 

coluna 2

Iftar no qual participei somente com pratos típicos da culinária Qatari

 

 

Iftar é a refeição posterior a quebra do jejum. É nessa hora que a gente pode usufruir da hospitalidade do povo qatari, pois é comum e recomendado pelo Corão a divisão da comida com estranhos e com os menos favorecidos. Dizem que se você tocar a campanhia de um qatari na hora do Iftar será convidado a entrar e participar. Não tive essa cara de pau pra ver se é verdade, por enquanto me restrinjo aos convites dos amigos.

Os Iftares dos hotéis, buffets suntuosos e comuns por aqui, são “coisas para os turistas verem” e não representam em nada a cultura qatari. A refeição qatari se diferencia pela simplicidade dos pratos servidos ( harees, thgireed, macboos,sambosa ) até a maneira de comer (normalmente no chão e com a mão). Detalhes : www.facebook.com/lmdohatours/

coluna 3

Tradicional refeição Qatari, onde se come somente com a mão direita e o pão faz as funções do garfo.

 

 

Noites em Doha durante o Ramadan

 

coluna 4

Corniche de Doha e seus dhows iluminados

 

Normalmente os muçulmanos realizam cinco orações no dia, durante o período de Ramadan uma oração extra (Al Itikaf) é acrescentada na rotina qatari e obrigatoriamente deve ser feita nas Mesquitas. Essa oração é colocada após o Iftar. Somente depois dessa oração, após às 20hs, é que a cidade começa a tomar vida.

Nessa hora Doha vira uma loucura; pois é hora do retorno das orações nas Mesquitas, hora de confraternizar com amigos e família, hora de sair às ruas, hora de engarrafamento, restaurantes e cafés lotados. Inshaallah você consiga sair de casa!

Um período em que Doha troca o dia pela noite e nós que estamos por aqui tentamos nos adaptar a essa rotina.

Dependendo da disponibilidade dos turistas realizo o tour por Doha à noite. Uma visão diferente da cidade que fica com os prédios todos iluminados, os Dhows na Corniche com seus passeios pela baía de Doha, casas enfeitadas com as tradicionais lamparinas egípcias (fanoos)…um colorido único! Além do que, a temperatura cai um pouco o que deixa o passeio mais agradável.

 

coluna 5
Fanoos,tradicional lamparina de origem Egípcia ,um dos símbolos do Ramadan

Depois do início de noite agitado, é hora de voltar pra casa e reiniciar o período de introspecção tendo uma boa noite de sono para começar tudo de novo na madrugada seguinte.

Esse é o primeiro mês de Ramadan que irei passar todo em Doha, confesso que estou adorando a experiência e aproveitando para participar das festividades e dos inúmeros programas culturais que o governo oferece gratuitamente para a população.

 

Garangao

 

Na 14ª noite do Ramadan se comemora o Garangao, uma festa típica destinada às crianças, realizada após a quebra do jejum. Uma espécie de Halloween do Ocidente, mas com objetivo diferente. É a maneira de mostrar às crianças a importância do Ramadan na vida dos muçulmanos e uma forma delas preservarem seus costumes.

Quer saber mais sobre essa comemoração?  Quer saber mais sobre essa comemoração? www.facebook.com/lmdohatours/  postado em 02 de Julho de 2015.

Não deixe de acompanhar as tradições do Ramadan, cultura e pontos turísticos do Qatar.

www.facebook.com/lmdohatours

Instagram :@turistandoemdoha by Leila Martínez

Pinterest : https://www.pinterest.com/dohaguiaturismo/

 

Related articles

  • Ramadan

    Qatar é apenas um dos 50 países onde o islãmismo é a religião predominante. Aqui, a fé muçulmana está em toda parte. As pessoas vivem e respiram a religião, por isso, quando chega o Ramadan, os hábitos de todo o país são afetados.   Você sabe o que é Ramadan?   Ramadan é o nono […]

Patrícia Lopes

Patricia Lopes is a sports journalist, currently working as the BeIN Sports channel correspondent in Brazil. She took part in several international coverages and two world cups. The first in 2010 in South Africa, and the second in 2014, in Brazil. Patricia has previously worked for the following channels: Rede Brasil-TVE (Brazilian public TV) where she worked for nine years as a reporter, presenter and sports commentator. After that she spent 7 years at ESPN. She has also worked freelance for other famous news channels in the world: Al Jazeera, CNN EN Español and NBC Telemundo