Destaquesdo site

Qual o animal mais popular do Qatar?

Qual o animal mais popular do Qatar?

Você sabe qual o pet mais popular do Qatar?

Não é o cachorro, nem o gato, nem qualquer outro animal que você está acostumado a ver nas residências.

Aqui nada é comum, tudo além de diferente é grandioso.

Pois então, o pet mais comum por aqui é o falcão.

A arte da cetraria em todo Oriente Médio remonta dos tempos em que os nômades beduínos usavam os falcões para ajudar na subsistência no deserto.

Essa arte perdura até hoje porém virou um hobby  e um símbolo de status por aqui. Se popularizou ainda mais a partir de 2010 com a realização do Festival Anual de Caça e Falcões.

Anexo ao Souq Waqif em Doha, existe o Falcon Souq, área totalmente destinada ao comércio de falcões, tratamento, treino , e também venda de  acessórios necessários para sua criação.

Lá  os visitantes podem deixá-los pousar em seus braços e até mesmo tirar fotos, sem custos, com a ajuda do lojista.

 

Vamos falar um pouco de história

A Cetraria ou Falconaria foi considerada um patrimônio vivo da humanidade a partir de 2012 e  consiste na atividade tradicional de criação e treino de falcões e outras aves de rapina para caça no seu meio natural.

Ocorre principalmente ao longo de rotas e corredores migratório, e é praticada por amadores e profissionais de todas as idades. Os falcoeiros desenvolvem uma forte relação e um laço espiritual com as suas aves, sendo necessária uma grande dedicação pessoal para a sua criação e treino. Ainda reforçam os laços entre os homens da família, pois os  pais são responsáveis por levar seus filhos para o deserto e treiná-los na lide das aves e na relação de confiança recíproca entre a criança e o animal.

O que não falta por aqui são costumes e tradições, e a população faz questão de mantê-los e transmitir para as novas gerações.

 

Qual o custo de manter um falcão?

O preço para você adquirir um falcão oscila entre os US$ 400 por um falcão comum a US$ 20 mil pelos cobiçados falcões brancos. Existem espécies mais caras que podem custar ao seu dono até U$260.000.

A fixação dos Qataris pelos falcões é tão grande que chegou ao ponto dos falcões terem a sua disposição um hospital de ponta com um salão de beleza em pleno Souq Waqif, principal ponto turístico de Doha.

 

Hospital de falcões

Sim… Foi isso mesmo que você ouviu, Hospital de Falcões!!!!

Falcões são animais bravos e que costumam atacar qualquer coisa por isso às vezes eles se machucam e precisam de tratamento.

Se o seu falcão perdeu uma ou duas penas, está com a asa quebrada, problema de digestão…Leve ele para o hospital, lá ele poderá realizar uma cirgurgia ortopédica, implantar penas, ou ainda fazer análise farmacêutica e toxicológica.

Apesar de tratar animais que custam milhares de doláres, o hospital dispõe de financiamento público. Um check-up sai por QAR 100 riais (R$ 100) e um raio- X vai custar apenas QAR 20.

O Hospital foi inaugurado em 2011  e atende mais de sete mil falcões por ano. Conta com cerca de 30 veterinários e mais de 20 funcionários especializados no tratamento, vacinação, nutrição e cuidado dessas aves garantindo a elas um serviço cinco estrelas.

Pelo hospital passam falcões trazidos da Arábia Saudita, Kuwait e todo o Golfo . Durante a alta temporada, de setembro a março, o hospital atende uma média de 70 a 80 aves por dia. Todas as aves que chegam ao hospital levam um chip de identificação no peito, assim como um anel na pata.

O hospital dos falcões é apenas um dos muitos sinais da tranformação financeira que Doha vem passando, de  uma antiga vila de mergulhadores de pérolas e pescadores para uma surpreendentemente e rica cidade árabe .

 

 

hospital falcao

 

 

Qual o tempo de vida de um falcão?

Estas aves podem viver até 20 anos e sofrem habitualmente de doenças bacterianas ou provocadas por parasitas e vírus.

Alguns proprietários têm até 35 falcões, enquanto as fazendas podem ter mais de 250 aves.

Se apesar de todo empenho para tratar e salvar o falcão, isso não for suficiente e ele vier a falecer. O hospital conta com um crematório.

 

Companhias aéreas e os falcões

O zelo pelos animais é tamanho que as aves costumam viajar com seus donos nas cabines de passageiros dos aviões.

As  companhias aéreas do Oriente Médio , como a Qatar Airways, permitem subir a bordo em cada vôo seis proprietários com seus falcões no braço.

Se você estiver viajando em uma companhia aérea do Oriente Médio, não se surpreenda se em seu vôo para Doha você encontrar sentado ao seu lado um falcão.

 

Descubra mais sobre os falcões e cultura do Oriente Médio na página de Leila Martinez no facebook

 

Patrícia Lopes

Patricia Lopes is a sports journalist, currently working as the BeIN Sports channel correspondent in Brazil. She took part in several international coverages and two world cups. The first in 2010 in South Africa, and the second in 2014, in Brazil. Patricia has previously worked for the following channels: Rede Brasil-TVE (Brazilian public TV) where she worked for nine years as a reporter, presenter and sports commentator. After that she spent 7 years at ESPN. She has also worked freelance for other famous news channels in the world: Al Jazeera, CNN EN Español and NBC Telemundo