Destaquesdo site

O Qatar é um país localizado em uma península no golfo Pérsico, no Oriente Médio, limitado pela Arábia Saudita e pelos Emirados Árabes Unidos. O país possui um território extremamente árido, quase não há vegetação natural, e as regiões mais elevadas ficam a, apenas, 40 metros de altitude. As atividades agrícolas são extremamente prejudicadas pela pouca fertilidade do solo, a maioria dos alimentos consumidos no país é importada.

qatar_map_2

Cerca de 75% da população é formada por imigrantes, uma das mais altas taxas do mundo. Até o fim dos anos de 1940 o país era muito pobre e suas atividades econômicas se limitavam à criação de camelos e pesca de peixes. Com a descoberta e consequente exploração de extensos campos petrolíferos, o país obteve grande avanço econômico. Atualmente há investimentos na indústria pesada e na extração de gás natural, como alternativa à produção de petróleo, cujas jazidas deverão se esgotar ainda no século XXI. Como medida econômica preventiva, o governo Qatari investiu fortemente seus petrodólares no mercado financeiro mundial, com o intuito de assegurar o seu futuro, quando as reservas petrolíferas se esgotarem.

 

qatar_flag

 

Bandeira: o branco representa a paz, o bordô é uma referência ao derramamento de sangue ocorrido durante as diversas guerras envolvendo o país, a linha serrada de nove pontos indica que o Qatar é o nono membro dos Emirados reconciliados.

 

 

oqatar_img1

 

Dados do Qatar

Extensão territorial: 11.437 km² (159º).

Localização: Oriente Médio.

Fronteira: Arábia Saudita.

Capital: Doha.

Cidade mais populosa: Doha.

Clima: Árido tropical.

Governo: Monarquia Absoluta.

Emir: Tamim bin Hamad al-Thani.

Primeiro-ministro: Abdullah bin Nasser bin Khalifa Al Thani.

Data de Independência do Reino Unido: 3 de setembro de 1971.

Divisão administrativa: 7 municipalidades.

Idioma: Árabe.

Religião: Islamismo 82,7%, cristianismo 10,4%, outras 4,6%, sem religião 2,3%.

População estimativa de 2013: 1.903.447 habitantes. Censo de 2010: 1.699.435 habitantes.

Densidade demográfica: 146 hab/km².

Composição Étnica: Árabes Qatares 25%, outros árabes 15%, paquistaneses 18%, indianos 18%, iranianos 10%, outros 14%.

Taxa média anual de crescimento populacional: 5,11%.

População residente em área urbana: 95,76%.

População residente em área rural: 4,24%.

Esperança de vida ao nascer: 75,3 anos.

Domicílios com acesso a água potável: 100%.

Domicílios com acesso a rede sanitária: 100%.

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,803 (muito alto).

Moeda: Rial Qatariano.

Produto Interno Bruto (PIB)P: 63.870 milhões de US$.

PIB per capita: 75.978 de US$.

Política

tamim

Xeque Tamim bin Hamad Al Thani

O governo do Qatar é uma monarquia absoluta. Em uma atitute inovadora no mundo árabe o emir, Xeque, Hamad bin Khalifa Al Thani, de 62 anos, em junho de 2013 abdicou  em favor do filho, o príncipe herdeiro Tamim, para dar espaço à nova geração. Hoje o emir do Qatar é o xeque Tamim bin Hamad Al Thani. O novo emir é muito querido pelo povo e por vários lugares há fotos dele e do pai. Na época o xeque Hamad disse  em um pronunciamento na TV : “Estou convencido de que Tamim colocará o interesse do país e a prosperidade de seu povo acima de tudo”. A abdicação do xeque Hamad, que assumiu o trono em 1995 após uma revolução palaciana, é um fato inédito no Qatar e na história recente do mundo árabe, onde até agora nunca um soberano havia renunciado ao poder voluntariamente. O novo emir tem 34 anos e é o soberano mais jovem das monarquias do Golfo Pérsico.

 

 

 

Um pouco da história e da importâcia do xeque Hamad:

Ele  derrubou o pai, o xeque Khalifa, em 27 de junho de 1995, durante uma revolução dentro do palácio e herdou um pequeno emirado praticamente desconhecido, com os cofres quase vazios. Em 18 anos, o Qatar passou a ser considerado o país mais rico do mundo, com um PIB, renda per capita de 86.440 dólares em 2011, segundo o Banco Mundial, e se tornou um protagonista de peso tanto no mundo árabe como na região. O Qatar vem sendo governado por uma monarquia absoluta de uma família há mais de 130 anos. Diplomatas árabes e ocidentais disseram que entendiam que o motivo foi o desejo do emir de fazer uma transição tranquila para uma geração mais jovem. Tal transição é incomum para estados do Golfo Pérsico, onde os líderes geralmente morrem no cargo. O xeque Tamim bin Khalifa Al Thani  é o segundo filho do emir com sua segunda mulher, Mozah. Educado nas mais seletas academias militares da Grã-Bretanha, o príncipe herdeiro é fanático por esportes, tem duas mulheres e seis filhos. Tamin é sub-comandante das Forças Armadas e presidente do Comitê Olímpico Internacional Local, que será o responsável pela organização da Copa do Mundo de 2022.

 

Como foi a transferência de poder

Nos três últimos anos, o emir começou o processo de transição, confiando responsabilidades na área militar a seu filho. Hamad utilizou as imensas reservas de gás do Qatar para impulsionar a modernização do país, além de uma potência econômica com bilhões de investimentos em todo o mundo. Apesar da transferência, o emir ainda mantém seu papel de influência no governo. O estado do Qatar é geograficamente pequeno, com dois milhões de pessoas, mas é o maior exportador de gás natural liquefeito, uma potência global de investimentos, uma força crescente na mídia internacional. O pequeno estado do Golfo Pérsico possui a terceira maior reserva de gás natural e produz 77 milhões de toneladas de gás por ano.

 

 

qatar_foundation

Qatar foundation

A marca Qatar foundation está estampada na camisa de um dos maiores clubes do mundo, o Barcelona.

barca_qatar_foundation

 

A organização, sem fins lucrativos, foi fundada pelo monarca do país na época, Emir Sheikh Hamad Bin Khalifa Al Thani, em 1995 e  é presidida por  Mozah bint Nasser Al Missned, sua segunda esposa. A missão da fundação é melhorar o sistema educacional e expandir a pesquisa no Qatar. O campus da instituição ocupa 15 milhões de metros quadrados e abriga um colégio que vai do primário ao segundo grau, uma escola bilíngue, outra interna em parceria com as forças armadas, um centro de apoio a estudantes com dificuldades de aprendizado, um curso de preparação para a universidade e uma faculdade de estudos islâmicos. No outono de 2003, a Qatar foundation inaugurou a cidade da educação, um campus protótipo do futuro, trazendo ramos de renomadas universidades internacionais para o Qatar para fornecer programas de graduação de alto nível, compartilhar pesquisas e estabelecer empreendimentos na comunidade .

 

 

sheik_sheika

Sheikh Hamad Bin Khalifa Al Thani e Sheikha Mozah bint Nasser Al Missned (foto: Qatar foundation)

 

 

Um pouco mais sobre a Sheikha Mozah

sheika_1

 

Segunda das 3 esposas do xeque Hamad Bin Khalifa Al Thani e mãe do atual emir do Qatar, Sheikha Mozza é uma mulher elegante e visionária. Extremamente preocupada com os rumos da educação mundial, direitos das crianças e das mulheres. Ela trabalha ativamente na luta contra a violencia doméstica, trabalho infantil  e pelos deficientes. Mãe de 7 filhos ela está conduzindo programas  em torno do país para melhorar a educação e aumentar as oportunidades de emprego para os jovens. Participa diretamente no desenvolvimento do Sidra Medical e centro de pesquisa, um hospital referência para tratamento de mulheres e crianças. A Sheikha é envolvida internacionamente em projetos para a paz e o desenvolvimento humano. A ideia é transformar o Qatar num centro mundial de referência em educação.

 

sheika_2

TURISMO

qatar_news (5)

 

Pearl- Qatar

Um dos endereços mais sofisticados em Doha. Além de compras nas grifes mais badaladas do mundo o espaço também tem cafés e restaurantes internacionais. No Pearl você vai encontrar: Alexander McQueen, Roberto Cavalli, Diptyque, Alfardan Jóias, Chloe, Bottega Veneta, Charriol, Stella McCartney. E comidas indianas, mexicanas, italianas, franceses, etc.. Uma boa dica é andar a pé ao longo do calçadão, com uma vista maravilhosa para a marina.

 

qatar_news (17)

 

Corniche

O Corniche é uma das parte mais atraentes de Doha. São sete quilômetros [4,4 milhas] de calçadão com palmeiras nas duas faixas, que se estendem ao redor da Baía de Doha e beira-mar da cidade. O local é cercado de hotéis de luxo, clubes e apartamentos;  edifícios governamentais importantes, parques bem cuidados, com instalações para famílias e edifícios públicos, como museus e uma biblioteca. As pessoas gostam de passear e correr ao longo do Corniche, especialmente durante as noites amenas e com a vista reluzente da cidade e do Golfo Pérsico.

 

qatar_news (28)

 

Souq

Souq Waqif é um passeio para ser feito a pé. Quem visita o local se sente no passado. Você realmente vive a cultura quando está no Mercado. Vá sem pressa, observe e aprecie  a arquitetura, as comidas e as antiguidades, algumas verdadeiras obras de arte. Lembre-se sempre de negociar. O primeiro preço não é o que vale. Os vendedores se sentem até um pouco chateados se você não negocia. O Souq Waqif se tornou uma grande atração turística da cidade de Doha.

 

 

katara 1

Katara

A Vila Cultural é um lugar onde as pessoas se reúnem para experimentar as culturas do mundo. Com belos teatros, salas de concertos, galerias de exposições e instalações de ponta. O objetivo é que Katara no futuro seja uma referêncoa para atividades multi-culturais. O que mais me chamou a atenção foi um espaço igual ao coliseum. É realmente suntuoso. Carrinhos de golfe ficam espalhados pelo local e você pode ter uma visão geral do espaço.

 

Heritage Village

Situado no Parque Rumeila na Corniche o local se assemelha a uma aldeia tradicional do Qatar, e mostra a cultura e artesanato do período pré-óleo. De vez em quando  há exposições  e performances de canções folclóricas.

 

 

museu-de-arte-islamica-doha-qatar-iwillbehomesoon-creative-commons-2

Museu de Arte Islâmica

O prédio de arquitetura moderna, desenhado pelo americano Leoh Ming Pei (autor da pirâmide do Louvre) e instalado sobre uma ilha artificial na baía de Doha, chama a atenção na paisagem. O novo Museu de Arte Islâmica (MIA) reflete por fora toda a potência dos petrodólares do Golfo Pérsico e traz dentro dele uma imponente coleção voltada à cultura da civilização muçulmana entre os séculos XVII e XIX. A capital do Qatar quer se tornar, assim como os vizinhos Dubai ou Abu Dhabi, uma referência de cultura no mundo árabe. Manuscritos, caligrafias, objetos em cerâmica, metal, vidro, marfim, tecidos, madeira e pedras preciosas compõem o acervo da instituição, que se apresenta como o principal museu islâmico no mundo, com 800 objetos que retratam a arte e a história dessa civilização. A idéia é mostrar que o Islã “é uma civilização pacífica, que sempre apelou para a tolerância e a coabitação dos povos”, conforme declarou Al-Mayassa, filha do emir do Qatar, durante a abertura do museu para a imprensa internacional. O museu, de cinco andares e 35 mil metros quadrados de área, conta também com uma biblioteca e um pavilhão onde serão realizados cursos e conferências sobre arte, história e civilização islâmica. Sua arquitetura foi inspirada na mesquita de Ahmad Ibn Tulun, construída no Cairo no século IX.

 

ASPIRE Zone

Uma propriedade de 240 hectares com estadio, instalações médicas, serviços de educação,  academia, mesquita, clube de esportes, áreas de varejo e parques. Localizado a aproximadamente 8 km do Central Business District, em Doha, o complexo foi projetado para os Jogos Asiáticos de 2006. ASPIRE é também uma academia para a excelência esportiva, onde o objetivo é descobrir e desenvolver talentos esportivos, transformando atletas campeões de renome mundial.

 

Khalifa Tennis Complex e Squash

O tênis é um esporte muito popular no país. Quando estive no país em fevereiro assisti ao Qatar open de tennis, com os maiores nomes do esporte mundial.

 

PRAIAS

beach 1

 

Praia de Al Ghariya Beach

Historicamente uma locação de um campo do deserto para os escoteiros do país. Essa praia é atualmente um destino de fim de semana comum para quem quer acampar. Há um resort na praia, e também uma famosa praia de areia ao norte.

 

Khor Al Adaid

Um mar interno ao sul do Qatar, Khor Al Adaid faz fronteira com a Arábia Saudita, possuindo costa nos dois países. Você pode apreciar uma vista muito bonita no local. Veículos de tração nas quatro rodas são necessários e somente motoristas experientes devem dirigir nesta jornada. Operadores de turismo locais organizam passeios de um dia e acampamentos com pernoite na área.

 

Ras Abrouq

A estrada até a praia de Ras Abrouq beach (a 70km de Doha) passa por uma reserva de veados selvagens e através do que parece ser um vilarejo do deserto, mas na verdade é um cenário construído para um filme. No caminho para Ras Abrouq pode-se desfrutar a vista da baía em meia-lua, delimitada por afloramentos rochosos.

 

Maroona

Também conhecida como a praia de 42km ou a praia francesa, Maroona é uma pequena praia a 80km ao norte de Doha. É um bom lugar para desfrutar a água, mas a areia é fina demais, não sendo apropriada para fincar tendas.

 

Fuwairit

Esta praia possui uma vista incomum de montanhas que sofreram erosão juntas à borda da água. A área tem uma baía de areia fina com enseadas, sendo ótimo local para um piquenique.

Para mais informações acesse o link

http://www.lifeinqatar.com/en/listing-category/living/beaches

 

Para se sentir em casa:

Por causa da enorme costa do país, acampar nas praias ou no deserto são opções populares entre aqueles que buscam aventuras. Dentre as melhores praias, incluem-se: Fuwairit, Dukhan , Simaisma, assim como a mais popular dentre elas a praia de Sealine em Mesaieed, onde descer as dunas é o esporte favorito. Chama-se Dune bashing, e envolve basicamente pessoas dirigindo para cima e para baixo nas dunas em veículos utilitários. Há bugres de dunas disponíveis para aluguel no Sealine Beach Resort em Mesaieed. Se você tiver sorte pode se deparar com tartarugas fêmeas pondo ovos na costa da praia de Fuwairit durante a primavera. O verão em Doha é normalmente muito severo, com temperaturas beirando os 50 graus Celsius. A maioria das pessoas prefere ficar dentro de casa, mas as noites são ligeiramente mais frescas. Com filtro solar, um chapéu e mantendo-se constantemente hidratado, você ficará bem. Entretanto o inverno é agradável, e embora de noite possa esfriar, é a estação ideal para ficar do lado de fora, fazer acampamentos e churrascos na praia ou no deserto, ou sentar-se ao ar livre, num dos diversos parques da cidade e desfrutar de um piquenique ou simplesmente ver as pessoas passando. O chá de Karak é uma das bebidas mais populares junto aos locais e residentes expatriados no Qatar. Diversos restaurantes servem este delicioso chá leitoso, uma infusão com cardamomo e gengibre. Alguns dos lugares famosos que servem Karak e também variações da bebida são Tea Time e Chapati & Karak (no vilarejo cultural de Katara). Se você tiver com um pouco de fome, uma variedade de estabelecimentos libaneses servem shawarma (para aqueles que comem carne) ou falafel (para os vegetarianos ou veganos) – opções práticas para comprar e sair comendo. Você pode simplesmente estacionar do lado de fora de um dos diversos restaurantes e aguardar no carro para ser atendido.

 

Comendo Fora
Existem vários restaurantes Árabes com bons preços em Doha e muitos pequenos restaurantes do Sul da Ásia. A maioria das cadeias de fast food estão representadas aqui e algumas até oferecem um toque árabe aos seus menus tradicionalmente ocidentais. Os melhores hotéis da cidade e o Pearl-Qatar oferecem experiências gastronômicas refinadas e o famoso ‘brunch’. Alguns dos melhores chefes do mundo, incluindo Gordon Ramsay, Alain Ducasse e Guy Savoy abriram restaurantes no país.

 

Saindo de Doha

Um safari no deserto é uma escapada obrigatória para o seu primeiro fim de semana. Khor al-Adaid, o mar interior, é uma boa escolha e fica apenas a 90 minutos de carro de Doha. Você pode nadar, assistir os locais subindo e descendo as dunas em seus veículos utilitários ou simplesmente desfrutar de um churrasco. Você terá de ir num veículo de tração nas quatro rodas, mas há muitas agências que oferecem passeios diurnos ou de pernoite.

 

Compras 

Diversos shoppings modernos em Doha podem ser encontrados a distâncias relativamente pequenas um dos outros. O Qatar também tem cadeias de lojas internacionais e estabelecimentos menores, vendendo produtos importados dos Estados Unidos, da Europa e do Leste Asiático. Os Shoppings do Qatar são excelentes e tem as melhores grifes do Mundo. Depois de alguns excessos no Souq e no shopping certamente você vai precisar comprar uma mala extra. No Carrefour os preços são ótimos. .

  • No coração do bairro de West Bay, em Doha, localiza-se o City Centre, um dos maiores shoppings do Oriente Médio, com cinco andares, cheio de lojas, um grande complexo de cinemas , um rinque de patinação no gelo, área de jogos, parque aquático e parque de diversões. Há também uma praça de alimentação para complementar as atividades.
  • O Villagio Mall, na zona de Aspire, é decorada em estilo italiano, como o divertido canal veneziano com passeios de gôndola, irão comprovar. Contém lojas populares e de alto luxo, cafés, uma praça de alimentação, um parque de diversões interno e um rinque de patinação no gelo. Esse é o meu predileto. Me se sinto literalmente em Veneza.

photos_slide (21)

 

  • O Landmark Mall em Gharaffa é menor e bem mais tranquilo. Também uma boa mistura para comer bem, compras e entretenimento, o Landmark shopping mall tem o crédito de ter marcado o início da cultura de shoppings no país. Do lado de fora se parece com um forte tradicional, e contém uma área de recreação infantil chamada Circus Land.

 

Royal Plaza

Para comprar joias ou dispor de serviços personalizados de compras vá direto ao Royal Plaza. Este shopping exclusivo é para os mais abastados, conhecedores de itens de luxo.
www.royalplazadoha.com

 

Previous Image
Next Image

EMBAIXADA DO BRASIL

qatar_brasil

Site: http://doha.itamaraty.gov.br/pt-br/

Endereço: North of Saha St. 95, Area 66, West Bay, Doha, Catar (Mapa)

Telefones: (+974) 4483-8227 | (+974) 4483-8812 | Consular: Ramais 230/232/234

E-mail Geral: brasemb.doha@itamaraty.gov.br

E-mail do Setor Consular: consular.doha@itamaraty.gov.br

Horário de atendimento ao público: domingo a quinta-feira, das 8h às 13h.